Na sequência da situação judiciária em curso na Polónia, da qual demos nota anteriormente, e,  em particular no que ao Conselho Nacional de Justiça polaco respeita(KRS), o Comité Executivo da Rede Europeia de Conselhos de Justiça (do qual o CSM faz parte) adotou a Declaração que a seguir se publica: